Novo time “Fazer o Bem” Forlogic

Thumbnail: Novo time “Fazer o Bem” Forlogic

Em 2015, a Forlogic criou o Time de Ação Social com o objetivo de transformar a sociedade em que está inserida e o desempenho do grupo foi tão intenso que se tornou um verdadeiro processo dentro da empresa, várias ações saíram do papel e contribuíram para melhorar a comunidade.

Pensando em intensificar ainda mais a atuação, a Forlogic reinventou o Time de Ação Social transformando-o no Time “Fazer o Bem”. A partir desta mudança, a empresa desdobra formalmente as atividades para um time multidisciplinar que, além de atuar no aspecto social, trabalhará também com os aspectos econômicos e ambientais, ou seja, atuará na tríade da sustentabilidade (Triple Bottom Line).

Jackson Alexandre Silva, Diretor Administrativo/Financeiro da Forlogic, comentou as mudanças no time. “Desde do início, a ForLogic sempre quis impactar a sociedade de maneira positiva, porém identificamos que essa iniciativa não estava formalizada na nossa estratégia, por isso criamos um objetivo estratégico para isso, porque nós acreditamos que o mundo precisa de gente que se preocupa com o próximo e isso faz parte da nossa cultura”, afirmou ele.

Legado do Time de Ação Social

O antigo time realizou várias ações na comunidade, dentre elas:

  • 12 Doações de Sangue;
  • Doação de produtos de limpeza e higiene pessoal para o Abrigo Bom Pastor;
  • 3 anos de Aluno Nota 10 na Escola Ângelo Mazzarotto;
  • Comemoração do Dia das Crianças na Escola Ângelo Mazzarotto;
  • Festa Junina na Escola Ângelo Mazzarotto;
  • Rifa de Páscoa na Escola Ângelo Mazzarotto;
  • Doação de brindes para rifa do dia das mães na Escola Ângelo Mazzarotto;
  • Doação das lixeiras para separação de lixo na Escola Ângelo Mazzarotto;
  • Visita do Papai Noel na Escola Ângelo Mazzarotto.

 

Expectativas para o time “Fazer o Bem”!

Para Jackson, “Esse time ajudará nossa empresa a literalmente FAZER O BEM em todas as áreas da sociedade, seja no aspecto social, ambiental ou econômico! Assim, continuaremos fazendo a diferença!”.

As ações sustentáveis da empresa não ajudam somente a comunidade externa, mas propiciam o crescimento pessoal dos próprios colaboradores, como afirma Ana Carolina Beloti, Analista de Projetos Especiais. “Eu tenho uma sensação de dever cumprido, o time tem a intenção de não apenas tornar a empresa sustentável, mas sim de mudar a cultura de seus colaboradores. Cada ação realizada, seja doação de sangue, coleta de lixo reciclável ou separação do lixo eletrônico, transformam aos poucos a vida do colaborador. Eu mesma tinha medo de doar sangue, mas percebendo a alegria das pessoas em doar, a necessidade de recompor as bolsas para um familiar, são coisas que incentivam a nossa mudança de hábito e, no caso, até a superar um medo”, conta ela.

O atual responsável pelo Time de Sustentabilidade, Carlos Henrique Prado Sousa, desenvolvedor, revelou alguns dos projetos do grupo para o ano de 2017.  “Estamos planejando Doações de Sangue e de Agasalhos, além das ações na Escola Municipal Prof. Ângelo Mazarotto. Iremos ajudar no Dia das Crianças e na Festa Junina da escola, mas são apenas gatilhos para que os alunos gostem do Aluno Nota 10, este é o projeto mais importante, pois tem como objetivo fazer com que os alunos mudem de vida por meio dos estudos. Além disso, ainda estamos planejando expandir as atividades do Aluno Nota 10, realizando atividades no contraturno dos alunos e, até o fim do ano, vamos avaliar a adoção de outra escola”, afirmou Carlos.

Qual a Importância de projetos como esse para a sociedade?

Ana ressaltou também a relevância de projetos como esses para a sociedade em geral. Segundo ela, “É de grande importância que as empresas invistam tempo em sustentabilidade. É fácil perceber o impacto que causam algumas ações nas pessoas, como no projeto “Aluno Nota 10”. A alegria de ver as crianças se esforçando para ganharem uma recompensa, mesmo que simbólica, é emocionante. Estamos incentivando as crianças a serem melhores, não verem a escola apenas como um lugar em que elas são obrigadas a ir.